segunda-feira, 26 de abril de 2010

Crítica do livro Percy Jackson e o Ladrão de Raios.



Atenção: Esse post contém spoilers.

Bom, eu terminei de ler o livro Percy Jakson e o Ladrão de Raios tem alguns dias e estava me preparando psicologicamente para fazer a crítica.

Já começo adiantando: foi um dos piores livros que eu já li na vida. Sem brincadeira.

Mas por quê?

Bom, o livro não é massante, tem uma leitura bastante fácil... Peraí, mas eu não acabei de dizer que era um dos piores livros que eu li na vida? Pois é, os elogios param por aí.

Porque é exatamente na tentativa de não ser massante que o autor falha miseravelmente em outro aspecto: fazer um livro consistente. É perceptível que sempre quando há uma brecha para um diálogo mais profundo ou qualquer outra coisa que não seja a ação gratuita, o autor, na sua falta de talento, coloca mais uma "cena" de ação. E não tem propósito, é só para "ocupar espaço" no livro, que é pobre de conteúdo. Sem brincadeira, deve ter ação a cada três páginas. E na boa? Isso cansa. A não ser que você seja um fã de Rambo ou Duro de Matar, mas aí, provavelmente não estaria lendo Percy Jackson.

Outro fator que me deixou irritada foi o etnocentrismo. Etnocentrismo é achar que a sua cultura é superior. Pois bem, uma das coisas que tinham me deixado interessada é a relação com a cultura grega, trazendo as situações dos mitos para a "vida real". E aí vem mais uma falha miserável por parte do autor. Segundo os termos usados no próprio livro: "Aonde quer que a chama brilhasse mais, lá estavam os deuses. [...]E sim, Percy, é claro que agora eles estão nos seus Estados Unidos. [...] Goste ou não - e acredite, uma porção de gente não gostava muito de Roma também-, os Estados Unidos são agora o coração da chama. São a grande potência do ocidente. E, portanto, o Olimpo é aqui." Porra Rick Riordan! Colocar o Olimpo nos E.U.A.?! "Liberdade de expressão" é uma coisa, já avacalhação é outra.

E por último vem a falta de criatividade do autor. Eu encontrei tantas cópias da coleção Harry Potter, que até fiquei surpresa. Citarei algumas, começando, pelo trio principal: O escolhido, que sempre consegue arranjar as maiores encrencas, o medroso, que é a parte cômica da trinca e a sabichona. Isso sem contar o fato de o personagem principal viver com parentes insuportáveis (no caso de Harry, os tios e no de Percy, o padrasto), um morar num "acamento meio-sangue" e o outro em uma escola... Enfim, mais ou menos explícitas, várias cópias estão lá, marcando presença.

De 0 a 10 a minha nota para esse livro é: 2 (pelo fato de ele ser uma leitura fácil).
A minha nota para o autor, como escritor de livros infanto-juvenis: 0.

E antes que alguém diga: se você odiou tanto, por quê está lendo o segundo livro? Eu respondo: porque eu ganhei a coleção junta, e não vou deixar uma coleção toda de livros só enfeitando a minha estante. E assim que eu terminar de ler o Mar de Monstros, pretendo fazer uma crítica aqui no blog.

Se você gostou do livro, por favor coloque o seu ponto de vista nos comentários.

Beijos e até uma próxima,
Bell.


14 opiniões alheias:

GaB. disse...

Eu sempre fui muito resistente as criticas sobre Percy Jackson, porque eu gostei do livro.
Mas eu preciso confessar que as semelhanças com Harry Potter são muitas. E é muito escancarado...e nos outros livros tem mais, sinto dizer. :T
Apesar disso, e das muitas partes de ação, o livro me cativou por algum motivo, ainda não achado.
Agora só falta o último livro pra mim, e aí sim eu posso dizer algo sobre a coleção inteira. (:
Boa leitura.
Beijo.

Carol Stone disse...

Olha, o que eu posso dizer sobre o livro se resume as primeiras 70 paginas pois não consegui ler tudo de tão ruim que é.
A história é tão mal contada que nem o Percy acredita e os fatos inexplicados continuam inexplicados, isto é, não há verossimilhança, nem interna! As coisas acontecem com quem fuma maconha, sem logica alguma. Muito diferente de JK Rowling que cria um mundo a parte muito bem.
Gastei R$23,00 e me arrependi...

Kazuki disse...

O que mais me cativa em Percy Jackson e os Olimpianos é a narrativa rapida (concordo sim, muito pobre de profundidade nos primeiros livros, mas Rick Riordan foi evoluindo com o avançar da série, tanto em construção de personagens, historia, como o mundo em si, que continua se expandindo com novos livros mesmo após o fim da aventura de Percy), e principalmente a personalidade do protagonista, com a qual me identifico muito. Percy me lembra muito eu mesmo as vezes, sempre com seus pensamentos sarcasticos e ate mesmo seus problemas de falta de atenção e hiperatividade são parecidos com os meus (ih... Será que sou filho de algum deus? XD). Concordo que não há como comparar com a qualidade de Harry Potter (apesar que vem se aproximando com o passar do tempo), mas Percy Jackson me cativa e eu gosto mais de lê-lo que que a série Potter. Não superior. Apenas faz mais meu estilo. Riordan vem evoluindo desde o começo da série (assim como Rowling evoluiu em HP, mas desde o começo ela ja era ótima escritora), então tudo que digo é que a série merece uma chance.
Obs: Diferente da maioria, não acho o negocio da profecia tão parecido com HP... Profecias do Oraculo são recorrentes na mitologia, muitos heróis tiveram algo profetizado em suas aventuras, então acho que isso mantém o clima de mitologia grega, não copia Harry Potter.
Quanto ao Olimpo nos EUA, eu gostei da explicação. O fato dos deuses viverem no centro da civilização Ocidental, mesmo que esquecidos - hora, os deuses gregos não estiveram também em Roma? Achei inteligente essa explicação, com sentido, e não absurda. Gostando ou não - e acredite, eu não gosto - o centro da civilização ocidental hoje em dia é la.

Anônimo disse...

eu concordo com voce "os Estados Unidos são agora o coração da chama. São a grande potência do ocidente. E, portanto, o Olimpo é aquiem uma coisa:" é por isso que me irrito quando vejo padrinhos mágicos,precisa de ver:o presidente dos estados unidos o homem mais poderoso do mundo!!!!! ahhn sei,tá bom,sim,esse livro tem semelhanças com harry potter(percy tem doze anos blá blá blá,claro a esperta,o medroso e o valente(herminone harry e rony) sim,parece mesmo(no to puxando o seu saco,falo sério)

assinado:michelle

Anônimo disse...

Então, eu não acho nada disso do livro.
Está só olhando os pontos negativos, quais não existem!
A série de Percy Jackson & Os Olimpianos não tem nada haver com Harry Potter.
Você deveria criticar a série de Potter, essa sim, é que tem muitos pontos negativos.

Anônimo disse...

O livro é ótimo... Ninguém lê uma coleção q ñ gostou pq ganhou inteira, vc qr falar mal, mas é tudo mentira, e sobre o olimpo tem mudado para os estados unidos é uma boa explicação, pq bem antigamente, a Grécia era o centro da civilização, e depois foi Roma, então faz sentido e sobre o oráculo, ñ é imitação do HP, na mitologia, se vc ñ sabe, o oráculo participa da maioria das histórias. Sobre os personagens ñ fica nos mesmos o tempo todo igual no Harry Potter, em quase todos os livros tem personagens a + ou a - q aparecem e reaparecem com sentido na história. Estuda um pouco história antes de criticar.

>:(

Nete Art disse...

O livro realmente tem muitas semelhancas com Harry Potter. Obviamente, depois da forma como harry Potter redefiniu o gênero infanto-juvenil, não acredito que encontrar essas semelhancas vá ser um caso isolado daqui pra frente.

O que ficou realmente bem dito na sua resenha, diz respeito ao fato das coisas não explicadas continuarem assim. O autor fica o tempo inteiro forcando situacões que tentam desviar o foco de tudo que poderia ser aprofundado. Não há envolvimento com os sentimentos das personagens. Olha, pra mim foi uma decepcão.

Ra.S disse...

É verdade! O livro é tudo isso que você contou. A parte do etnocentrismo, que eu não tinha chamado de um nome tao bonito (chamei de sacanagem) quase me fez parar de ler o livro. Mas eu continuei...

Estou no terceiro livro e está piorando. Personagens aparecem e "vão embora" para não dar trabalho de envolver todo mundo.

Triste, um assunto com potencial, e remendado de "modelos" que deram certo em outros livros.

Mas acaba divertindo, por ser uma leitura leve.

Sophia com ph disse...

Bem, minha opinião sincera: O livro me parece comercial, ou seja, feito para vender.
Concordo que a leitura seja fácil, mas é infanto-juvenil! Pense na maioria -não toda- a infância e a juventude de hoje em dia; você acha que ela gostaria ou saberia ler algo que necessitasse de muito pensamento, ou interpretação?

Anônimo disse...

Concordo na falta de livros bom para ler li percy jacksson e posso dizer que a falta de criatividade do autor é grande. é o tipo de livro que vc ler forçado porque comprou. e sabe que nunca mais vai ler novamente.

Anônimo disse...

O livro Percy Jackson é um livro ótimo criativo,cada um tem sua opinião sobre o assunto, o livro tem sim caracteristicas parecidas a de Harry Potter mas hoje em dia quase todos os livros e filmes tem um inrredo parecido,discordo totalmente da critica pois escrever um livro é uma coisa muito dificil hoje em dia.
Bom pra mim o seu forte ñ é ser critico.
Obrigado,boa leitura

Anônimo disse...

Olha,eu adorei toda a saga Percy Jackson e os Olimpianos.Já li todos os livros inclusive o Herói Perdido.Primeira coisa:foram os livros mais legais que já li na minha vida,e me perdoe se vc não sabe diferenciar Harry Potter de Percy Jackson(aliás, o Grover é tão medroso que no livro A Batalha do Labirinto vai com Tyson, o ciclope irmão de Percy, para tentar salvar Pã,por um caminho "desconhecido" né?).E sobre os Eua serem a potência do mundo,vc vai me desculpar mas é verdade.Potência=dinheiro=poder, o que eles tem de sobra,e se ainda não concorda com o argumento por que não faz vc o livro no Complexo do Alemão ou em outra favela?
Me perdoe, mas Rick Riordan na minha opinião é o melhor escritor de livros juvenis sim,mas acho que vc acha isso pq não leu outros livros dele e está com essa paranóia de dizer que Percy é horrível.Ah, vc não gostou do primeiro livro e está lendo o segundo?Se você não gostou,mesmo que tivesse a coleção toda vc daria o seu jeito de não ler (daria par alguém,jogaria no lixo etc).Olha,acho melhor vc calar a sua boca quando for pra falar sobre uma série que vc só leu o primeiro livro(e muito mal por sinal).Vc só merece o meu despreso. :/

Anônimo disse...

Adorei sua critica!! Perdeu ai Percy =)

Anônimo disse...

Eu não sei nem se a dona do blog vai ler isto mas tudo bem.
Primeiro gostaria de dar a você minhas sinceras desculpas pelo que vou escrever, pois, achei sua "crítica" muito fraca. Começando que, você leu só o primeiro livro da saga e disse que era muito ruim, porém disse também que leria o segundo "porque ganhou a coleção" (me desculpe mas, por favor né?)E sinceramente eu achei muito bom. Tem semelhanças com Harry Potter? Talvez porque seja um livro fantasioso, envolvendo magia e tudo mais, se for isso, Harry Potter tambem seria uma cópia de outras séries.
Sobre a história do Etnocentrismo, creio que você tenha feito uma leitura um tanto quanto superficial a esse respeito.
Enfim, eu vou ficando por aqui pois talvez não valha a pena ficar discutindo, até porque você tem sua opinião formada (ou não).
E quero dizer tambem que só estava mostrando o meu ponto de vista, e que você não deve se sentir ofendido, porém, se quiser comentar algo a respeito estou disposto a isso.